Cascata do Arado, Corga do Arieiro, Roca Negra, Chã do Pinheiro, Arrocela


Cartas militares: 31 e 44   Distância: 13 Km   Duração: 6h49m   Dificuldade: Moderado    Trilho GPS

Inicio de mais uma caminhada na cascata do Arado, seguindo para o Vale da Teixeira, dando para apreciar mais uma vez as lagoas e o seu verdejante prado. A seguir ao curral da Teixeira tem inicio a principal dificuldade do dia com a subida da corga do Arieiro. Aqui, muitas das mariolas estão ocultas pela vegetação e temos de enfrentar inclinações de cerca de 50% em grande parte do percurso, mas as paisagens que se vão observando à medida que subimos compensam claramente o esforço. No topo temos uma vista deslumbrante sobre todas as montanhas circundantes com o vale da Teixeira bem lá no fundo. Após o almoço com este cenário como pano de fundo, subimos à Roca Negra, onde temos uma vista priveligiada sobre a Rocalva, o Borrageiro I, Coucão e demais icones do Gerês. Daqui optamos por seguir o trilho pela linha de cumeada, através da Chã de Pinheiro até à Arrocela o que nos permite continuar a desfrutar de magnificas vistas em todas as direcções. Seguimos pelo sopé da Arrocela e regressamos novamente à cascata do Arado pelo bem conhecido percurso sobranceiro à corga da Giesteira. 

Este trilho, relativamente curto, permite desfrutar de paisagens soberbas sobre alguns dos mais belos recantos do Gerês, no entanto apesar de o classificar, em termos de dificuldade, como moderado, a subida da corga do Arieiro pode tornar-se bastante dificil requerendo particular atenção e alguma experiência na abordagem deste tipo de percursos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Trilho da Vezeira de Fafião - Gerês -

Trilho das Sete Lagoas

Trilho da Cascata do Arado às Velas Brancas