Leonte, Vidoal, Borrageiro

Cartas militares: 30 e 31   Distância:12 Km   Duração: 06h10m   Dificuldade: Fácil   Trilho GPS


Chegados a Leonte, a ideia inicial era ir até ao Borrageiro e daí seguir até à Rocalva pela Roca Negra, em direcção ao Conho. Rapidamente tomamos o bem conhecido trilho que nos leva até ao prado do Vidoal e daí seguimos até à Freza e Chã da Fonte. Aqui, já vimos que provavelmente teríamos que alterar os planos iniciais, a quantidade de neve que ainda existia do nevão da semana anterior era impressionante. Seguimos até ao arco do Borrageiro e daí até ao sopé do Borrageiro para constatar que de facto havia imensa neve e sem o equipamento adequado (polainas) se seguíssemos íamos ficar com os pés alagados, o que não é nada agradável. Assim, resolvemos dar umas voltas pela montanha e descobrir alguns miradouros ao longo do percurso,evitando os acumulados de neve sempre que possível. Almoçamos num desses locais, com a Louriça, Pé de Medela, Borrageiro I e II, à nossa volta, para depois iniciarmos o regresso. Aproveitamos para mais uma vez apreciar o belíssimo vale da Teixeira e algumas lagoas e cascatas que se formam nesta altura do ano, e regressamos novamente a Leonte.
Fomos agradavelmente surpreendidos pela imensa quantidade de neve na serra o que aliados aos múltiplos azevinhos característicos deste percurso fizeram deste um trilho com particular sabor natalício.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Trilho da Vezeira de Fafião - Gerês -

Trilho das Sete Lagoas

Trilho da Cascata do Arado às Velas Brancas